sexta-feira, 9 de novembro de 2012

A Conquista do Daniel




Olá meu nome é Juliana tenho 21 anos, e acerca de 2 anos conheci um rapaz, chamado Daniel. Quando nos conhecemos em um site de bate papo, Daniel morava e mora nos EUA na cidade de Massachusetts, ele tem 32 anos, apesar de morar distante ele não tem nada de estrangeiro, é mineirinho, morava antigamente em Governador Valadares (MG), vindo de família humilde e muito tradicional nos valores, ele era o mais velho dentre os irmãos e irmãs, família linda alicerçada na palavra de Deus, todos evangélicos.

Saiu de sua cidade natal pra tentar uma vida melhor no exterior graças a Deus conseguiu. Pois bem, agora onde entra o relacionamento? Como havia falado nos conhecemos num site de bate papo eu não tinha costume de entrar nessas salas, mas um dia resolvi entrar pra conversar, sei lá conhecer pessoas, mas que não passasse de um simples conversar.

Na época eu namorava, nos conhecemos e ainda lembro a primeira frase que ele disse ao me ver pela primeira vez pelo skype... No momento ele conversava com um amigo por telefone mais disse a seguinte frase “ÔO Alex deixa eu desligar agora porque preciso conversar com uma princesinha linda que ta aqui na minha frente” falou de uma forma mineirinha de ser.

Só nos vimos depois de muitas conversas pelo MSN, mas eu nunca tive interesse por vê-lo pela webcam, só via mesmo a fotografia... Então passamos meses a conversar, ele sempre amigo atencioso, generoso, humilde, ouvia sempre minhas falas sobre minha vida corrida e minha família e meu ex (que na época era atual), eu simplesmente enchia o saco e ele não se importava, eu não conseguia entender, mas ele sempre teve um conselho de amigo, trazendo passagens bíblicas, lia a Bíblia pra mim, ouvia louvores junto comigo, na verdade ele escolhia os louvores, o tempo foi passando e eu entendia que eu tinha uma mais linda amizade dentre tantas de amigos evangélicos, porque vejo assim: amigos tem que acrescentar na tua vida, não materialmente mais em companheirismo, fidelidade, coisas que amigos de verdade tem, e que pessoas alicerçada em Deus podem oferecer..o bem!

Ele sempre esteve presente assim como meus amigos da Igreja Batista, da Assembleia,  os pastores, por mais que eu fosse católica, meus verdadeiros amigos sempre foram da religião oposta, eu enxergavam neles o que os colegas da minha igreja fingiam ser comigo. Daí passou um ano, e eu havia me separado do ex por conta de traição, sofri muito e meu amigo estava comigo, no momento da morte de um grande amigo ele estava comigo, na morte dos meus 2 animais de estimação ele estava comigo, sabia meus sonhos, minhas lutas diárias, minhas TPMS,  nossa não sei como ele aguentava.. até que um dia 6 meses precisamente que eu estava sozinha ele se declarou, fiquei sem palavras, fiquei assustada,  como um choque,.. você imagina um irmão e  de repente ele diz “ Jú ..sabe eu comecei a um tempo sentir algo por você, e a acreditar em algo que eu acreditava quando eu era mais jovem, que eu poderia encontrar alguém que pudesse me acompanhar  na igreja com prazer, ouvir louvores, ler a Bíblia .. que pudesse ser mais que companheira..” .. “ Jú eu gosto muito de você, quer namorar comigo?”

Nossa eu... Não sabia o que dizer.. Ele falou super sério, e eu levei na brincadeira.. levei por dias, semanas, meses .. eu não acreditava em algo a distancia, ainda mais namoro, mas já existia uma amizade, e o medo de não conhecer a pessoa totalmente em caráter, então assim foram meses,  conversando e a atenção era a mesma não havia mudado nada na fala, no olhar.

Até que um dia eu aceitei, ele ficou super feliz, nossa parece que ele escondia um sentimento que ao aceitar, foi desabrochando, de uma forma linda, assim os dias passavam, eu apresentei ele pra minhas amigas, e ele fez o mesmo. No primeiro dia dos namorados juntos, ele pediu meu endereço uns dias antes, mas enrolei e não dei, ainda tinha receio, mas ele entrou em contato com uma amiga minha, que me fez a surpresa mais linda do mundo, detalhe: o dia dos namorados tinha passado, como eu enrolei e não dei o endereço, ele não desistiu, uma semana depois minha melhor amiga de faculdade me chama pra no intervalo das aulas a gente ir numa sorveteria, estranhei, coisa loca, nunca tínhamos ido tão longe pra tomar um sorvete, ..daí após escolher o pedido, e tudo no meio da degustação me aparece um homem de smoking com um buquê de flores, uma caneca de chocolate e um bilhete, escrito com as letras dela mas a frase era dele,  onde ele dizia “ Para: Jú, De: Daniel (Oi Jú! Essa foi a forma que encontrei de sair do mundo virtual e entrar no mundo real pra dizer que te amo! ) nossa lembro como hoje,  as flores secaram, o chocolate me engordou.. e o que sobrou e que não esqueço é a linda frase do bilhete que tenho até hoje.



Melhor amiga cúmplice quase me matou do coração, mas adorei, depois ainda ligou pra ela pra saber se tinha dado tudo ok! A noite, horário que eu chegava da faculdade, esperei ele chegar do trabalho, pra falarmos, agradeci, e ele super feliz de me ver boba!

Passando um tempo veio meu primeiro aniversário que eu mesma tinha esquecido, devido a correria, mas ele lembrou, ligou pra super amiga pra planejarem algo, daí ela não pode, disse que estava ocupada e que não poderia fazer o que ele queria devido a correria, também faculdade em fim de bloco realmente é coisa de louco, enfim já em casa eu o esperei novamente, e ele percebeu que eu não lembrava, e se fez que não lembrou, no exato momento de meia noite aqui, do dia 6/9 para o dia 7/9 ß o dia de ficar mais velha, ele já tinha preparado tudo, acionou o serviço de telemensagens de lá que as 00:02 me ligaram falando coisas que toda mulher deseja ouvir sempre, menos em época de TPM (rsrs .. brincadeira), daí ele colocou mais umas 15 telemensagens pra ouvirmos juntos,  me mandou um caminhão de corações no SKYPE, disse textos gigantes mas próprios dele, meio tímido, sei que isso foi a noite toda as 3:00 da manhã ainda estávamos nos parabéns. Foi quando decidi dormir, pela manhã outra telemensagem me acorda, enfim, passou o tempo.. e o amor continuava forte, o respeito acima de tudo, ele sabia das minhas escolha de relacionamento, sabia que (eu tinha, e resolvido esperar pelo casamento) concordou plenamente.

Conheci a família dele por telefone em Minas, irmãs que nos deram muita força, foi quando noivamos mês passado, com previsão de casamento em julho de 2013 lá em Massachusetts nas minhas férias, ate que ele pudesse se instabilizar em Minas, entendo os motivos dele.  

Enfim, esse fim de ano é definitivo pra mim de alegrias e vitórias, estou concluindo minha faculdade, mês que vêm é reta final, é formatura que ele estará presente via skype,  e ano que vem é inicio de especialização, e casamento, bênçãos na minha vida, e tudo entendo agora pode ter sido a resposta de Deus, na verdade ele disse que “eu fui a resposta de Deus nas orações dele” ^^ só peço bênçãos, discernimento, foco, paciência.  Pra proporcionar a ele o amor que um dia eu sonhei pra mim.




2 comentários:

  1. Oi naõ Anonimo de éé amor ...?
    Helen ...?
    suadades ...? Daniel

    ResponderExcluir