quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

A distancia entre o mar mediterrâneo e o rio Tocantins.


Bom, me chamo Rita de Cássia, tenho 23 anos e estudo jornalismo na universidade federal do Tocantins. Há dois anos e um mês, namoro o Yuri, temos um relacionamento super tranqüilo, nos conhecemos na faculdade por amigos em comum, e pegamos uma amizade enorme, até que com o tempo percebemos que essa amizade tinha virado namoro, ficamos por um mês, e quando foi dia 28 de outubro de 2010 ele me pediu em namoro, logo levei ele pra conhecer minha família e eu também conheci a dele.

Em dezembro de 2010 mudamos para o mesmo condomínio, ele em uma kit net e eu do lado em outra. Depois disso nosso amor foi crescendo, mas uma coisa que eu sempre achei legal e que somos também muito amigos, um ajuda o outro, e com o tempo a gente acabou virando ‘’namoridos”, todo mundo questiona como conseguimos manter um relacionamento tão tranqüilo se moramos praticamente juntos? ... minha resposta sempre foi que a cada dia é uma nova conquista pela pessoa que você ama.

Bom em abril de 2012 entrei no site da UFT e lá tinham lançado um edital para estudar um semestre na Espanha na província de Múrcia e com bolsa, li o edital e vi que eu tinha o perfil da vaga então não pensei duas vezes liguei pra minha mãe conversei com minha família, e com o Yuri também sobre esse sonho que sempre tive, ele sempre me deu apoio, pois pensamos em viver juntos e pra isso cada um tem que batalhar pela sua profissão. Ele sempre tão carinhoso, ele me ajuda muito e mais que um namorado, nos momentos mais difíceis que passei ele sempre estava ali me dando conselho.

Bom como estudar fora estava um pouco longe da minha realidade financeira, pensei muito sobre o intercambio, mesmo tendo bolsa, mas minha mãe me assegurou que nada ia me faltar e com a benção de Deus tudo ia dar certo.



Fiz a prova, entrevista e acabei passando... a partir desse dia minha vida deu um giro, tudo era em torno deste intercambio, e o Yuri sempre ali me ajudando... Quando contava para as pessoas que iria passar 5 meses na Espanha estudando, ninguém me dava parabéns, todo mundo perguntava: “- Mas e o Yuri?” .. vamos continuar namorando, afinal são só 5 meses, e como a família dele mora no Maranhão , a maioria das festividades e férias ele passa com a família e nem sempre eu posso ir devido o trabalho.. bom é claro que namorar a distancia requer muito amor, calma.. Mas o que mais consola e saber que daqui um tempo vou esta de volta a minha rotina, ao meu namorado e família, Sabe no primeiro mês aqui na Espanha não foi fácil , não só pela falta dele , mas porque vim sozinha e não tinha amigos , e é claro como vivíamos juntos  isso pesa bastante , mas acho que quando há foco, amor, respeito a distancia é uma questão de opinião, hoje em dia eu só não tenho o toque dele , porque a gente se vê pelo skype, se fala pelo facebook, telefone... e sabe, eu tava ate comentando com minha amiga pelo facebook , namorar a distancia é bom pra valer .. tem suas vantagens , você amadurece, porque estamos cuidando do nosso futuro com muito amor .. e o tempo pode ter certeza passa rápido vai fazer em novembro dois meses que estou aqui e fevereiro eu volto pro Brasil com uma bagagem e tenho certeza que ele também, vai esta la me esperando com muitas novidades..

Sinto saudades.. e é tão bom ouvir por telefone ele dizendo amor você é a mulher da minha vida.. eu te amo .., aqui em Murcia conheci pessoas aqui na mesma situação que eu e todas sempre me dizem a mesma coisa que eu penso ... Estou aqui em busca não só do meu sonho, mas do sonho há dois, de querer melhorar de vida e poder construir algo com a pessoa amada .. amor eu te amo muito saudades enormes.

Rita

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Linda história!!! Felicidades pra vcs dois...se Deus quiser tudo irá dar certo!

    ResponderExcluir
  3. Linda adorei a história! Legal primeira historia que vi com alguem que é do maranhão, sou do MA, tb. é bem isso aí mesmo, vc ta plantando o que vai colher com muito sucesso mais tarde, sorte hein!

    ResponderExcluir